Guillermo Soler Calero, atualmente Diretor Comercial do negócio residencial da Endesa (B2C) em Portugal, foi nomeado novo Diretor-Geral da Endesa em Portugal.

Licenciado em Gestão e Administração de Empresas pela Universidade Internacional da Catalunha em 1995, o gestor de 51 anos desenvolveu a maior parte da sua carreira profissional em cargos de responsabilidade na Endesa, tanto em Espanha como em Portugal.

Mais concretamente, chegou a Portugal em 2001 como Diretor dos canais indiretos no mercado liberalizado. Tem acumulado um elevado nível de conhecimento e experiência bem-sucedida na gestão de equipas e negócios, e tem sido uma das figuras-chave para que a Endesa seja hoje o segundo maior comercializador de eletricidade no mercado português. A Endesa opera como comercializador no mercado residencial e negócios em Portugal desde 2009.

Com esta nomeação, a Endesa reforça o seu compromisso como uma empresa chave no desenvolvimento da transição energética em Portugal. No ano passado, a empresa foi adjudicatária no primeiro concurso da Transição Justa em Portugal, e na Península Ibérica como um todo, para o encerramento da central elétrica a carvão Pego.

A proposta de desenvolvimento renovável, que inclui o maior projeto de baterias da Europa e um plano de apoio socioeconómico, representa um investimento de 600 milhões de euros e é o principal marco de crescimento da empresa no país ao longo dos próximos anos.

A este projeto juntam-se os projetos solares obtidos em 2020 no Algarve (o primeiro desenvolvimento fotovoltaico da Endesa com baterias na Península Ibérica) e em 2022 na barragem do Alto Rabagão (também o primeiro projeto solar flutuante da empresa hibridizado com energia eólica e baterias na Península Ibérica). A Endesa dispõe ainda em carteira 3.000 MW de energia renovável a desenvolver durante a presente década em Portugal.

Soler Calero irá ainda consolidar a posição competitiva e inovadora no negócio comercial, tanto no segmento residencial como no empresarial, que terminou 2022 com um total de 677.000 clientes de eletricidade e gás.